As mudanças que esperamos para 2015.

As mudanças que esperamos para 2015

O ano de 2014 foi marcado por incertezas no cenário econômico, e principalmente no político, com retração nos investimentos e queda no consumo de bens duráveis.    

Devemos estar atentos ao novo cenário de 2015 que se inicia,  esperamos mudanças quanto às políticas econômica, tributária e fiscal, assim como outras iniciativas do governo para  retomar o crescimento.

Um ajuste das condições macroeconômicas é requisito fundamental para retomada do crescimento, com a redução da burocracia e as reformas  tributária, trabalhista e previdenciária, correções essas essenciais, para um crescimento sustentável nos próximos anos.

Muitas mudanças deverão acontecer para que a economia melhore, entretanto, a princípio o crescimento deve seguir baixo, os juros continuarão altos, a inflação pressionando o poder de compra dos consumidores, fatores que tendem a travar a concessão de crédito e o aumento da renda das famílias, influenciando nas vendas do comércio, e fará com que tenhamos um crescimento reduzido no faturamento das empresas.
 
É fundamental  que o empresário busque investir  no sentido de diversificar seus produtos para atender o desejo dos consumidores, apostar nas promoções, bem como nas diversificação das formas e prazos de pagamentos e treinamento de funcionários para impulsionar as vendas.

Por outro lado, na expectativa de baixo crescimento, é fundamental que os empresários fiquem atentos ao dimensionamento de seus estoques, procurando manter a cautela  neste primeiro semestre de 2015.  Mesmo que o governo tome as medidas acertadas para retomar o crescimento econômico, não  devemos esperar grandes resultados a curto prazo. 

Gener Silva
Presidente do Sincomércio Araçatuba e Região
Vice-Presidente da Fecomércio-SP